CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

quinta-feira, junho 28, 2007

SOLIDÃO




Se a solidão é um vazio porque
ocupa tanto espaço?

O TREVINHO DAS RARÍSSIMAS

Desafio a todos os que o TREVINHO quiserem "agarrar" .Vamos ajudar as "RARÍSSIMAS" divulgando-as...
Bem hajam!

DESAFIOS






Chegou a BATATA QUENTE enviada pelo amigo


  • É com prazer que comparticipo pois nunca deixo de responder a um desafio!


    Livros de que mais gostei:

    CARTAS DO MEU MOÍNHO

    ROSINHA MINHA CANOA

    VAI AONDE TE LEVA O CORAÇÃO

    AS PONTES DE MADISON COUNTY

    O DIÁRIO DE ANNE FRANK

    **********

    Estou a ler:

    O CODEX 632

    E pronto, missão cumprida! Passo a Batata a quem a quiser apanhar!

    domingo, junho 24, 2007

    CUPIDO FONTE DE AMOR







  • Este prémio foi-me gentilmente atribuído pelo António. Obrigada!
    **************

    ANSIEDADE


    Perdi-me no caminho da incerteza,
    Não sei para onde vou, nem donde vim.
    Sei que só sinto profunda tristeza
    E chego a duvidar até de mim.

    Receio o presente e o porvir,
    Procurando em vão ter confiança
    Em dias felizes que hão-de vir
    Trajados com a cor da esperança.

    E perco-me nesta tristeza louca
    Esquecendo que toda a vida é pouca
    P’ra viver a mocidade que não regressa…

    Vou tentar encontrar-me no caminho,
    Vou depois entregar-me ao teu carinho
    E não mais quererei viver “depressa”.
    Leonor C.

    quinta-feira, junho 21, 2007

    O MEU BLOG FALA DE AMOR...



    Se tu viesses ver-me hoje à tardinha,
    A essa hora dos mágicos cansados,
    Quando a noite de manso se avizinha,
    E me prendesses toda nos teus bracos...


    Quando me lembra: esse sabor que tinha
    A tua boca... o eco dos teus passos...
    O teu riso de fonte... os teus abraços...
    Os teus beijos... a tua mão na minha...


    Se tu viesses quando, linda e louca,
    Traça as linhas dulcíssimas dum beijo
    E é de seda vermelha e canta e ri


    E é como um cravo ao sol a minha boca...
    Quando os olhos se me cerram de desejo...
    E os meus braços se estendem para ti...



    Recebido do António do


  • Conversas sem Ferrolho!!!
  •